segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Red Taboo - Layla Hologram Effect

Olá.
Tudo?
Tudo!
Agora que o sol nos parece ter abandonado de vez, fazendo-se substituir por uma chuva que veio cheia de pressa para apodrecer os tomates e rachar os melões às pessoas, resolvi trazer o canto do cisne dos dias ensolarados.
Bye bye, Verão azul. Até p'ro ano.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
O Red Taboo da Layla irrita-me um bocado porque, para já, não é red nem aqui nem na China! Calhou imensamente bem esta frase popularucha já que a China, ela sim, é "bermelha".
Bom, então chamemos a isto um Cherry Taboo que é para amenizar a raivinha de dentes que isto se me dá.
Uma vez que eu já sabia que não ía ter nisto um bom vermelho holográfico (sonho meu), nem fui a correr aos trambolhões para o comprar.
Mas comprados que já estavam todos os que eu realmente queria, lá foram ficando para trás algumas cores que eu, por puro coleccionismo, lentamente fui arrebanhando e trazendo para casa, para que fizessem companhia aos irmãos.
E claro, um desses é este Red Taboo.
Eu, em termos de aplicação, não tenho dificuldades com a Layla. Tive é que chacoalhar o desgraçado como se não houvesse amanhã, já que a pasta de alumínio estava completamente decantada. Mas ultrapassado esse passo, fez-se bem a coisa, como sempre se fez com estes meninos.
Secagem rápida, pigmentação decente que fecha com duas camadas e um brilho que precisa de alguma ajuda, ajuda essa que dou sempre com o meu fiél H&M, já que topcoats tradicionais queimam estes pobrezinhos e tiram-lhe a graça quase toda.

Agora, além da cor, outra raivinha é que a chama não é tão pronunciada como na maioria dos outros bebés. A holografia existe, é bonitinha, mas aquele holo cegante de outros carnavais gósmicos, esse não há. Bolas.

2 comentários:

Ju Balbino disse...

achei ele bem lindo apesar da singela holografia^^

bjos

Gi disse...

Digam o q disserem, mas holográficos são simplesmente perfeitos!!!

Bjukas!
Unhas&Tudo ♥