terça-feira, 3 de março de 2015

Under the Sea - Dany Vianna

Olá.
Tudo?
Tudo!
Que eu gosto bastante das pequenas obras de arte que a Dany Vianna engarrafa, até aí nenhuma novidade. Mas o que me espanta sistemáticamente é que, ok que no vidrinho as gosmas são "bonitinhas", mas quando se aplicam na unha, um qualquer fenómeno mágico acontece que elas passam de "bonitinhas" a "fascinantes".































Este Under the Sea não foi excepção. Com inspiração no filme da Pequena Sereia, este é um visco que se compõe por uma base incolor, fina, onde boiam glitters azuis e coral, de várias formas e tamanhos, que resultam tão maravilhosamente bem juntos que não sobra muito mais que dizer que as imagens não digam mil vezes melhor.
Como com todo e qualquer glitter, o efeito de beleza deste bebé é potencializado quando se usa um bom topcoat por cima. Nas imagens que postei, as unhas estão com uma boa camada de branco correctivo, duas camadas do Under The Sea (podem usar só uma se quiserem um aspecto mais difuso, ou mais uma se queiserem glitter mais cerrado), e finalizei com boa camada de Poshé. Sei dizer que, no final, as unhas parecem mini-quadros abstractos, sei lá. Apaixonantes.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Apreciação de Pueen Vinyl Nail Stencil Set

Olá.
Tudo?
Tudo!
Sem que eu o esperasse, eis que a Pueen se me envia mais uma cenaça para fazer coisas nas unhas e tal. E eu, tudo bem!
Vou me poupar aos blábláblá com que costumo encher este pequeno cantinho do paraíso, e vamos directas ao assunto. Vejamos, pois, mais uma produção digna de Oscar, na qual a bebé explica tudo e mais alguma coisa.

Gostaram? Fofo, não é? Conseguiram surpreender esta vossa velha e calcificada deusa. Fica a foto, para a posteridade.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Neve Acima Monte Abaixo - Cliché

Olá.
Tudo?
Tudo!
Achava eu que a Catrice era a campeã dos nomes de gosma fantásticos, mas a Cliché começa a tornar-se uma forte competidora. Senão vejam lá o nome deste visco:
Neve Acima Monte Abaixo.
WHAT???
Por mais drogas que eu fume, não chego lá.
Seja como seja, tiro o meu chapéu a este monumento épico do nonsense baptismal. É preciso tê-los bem roxos para colocar no mercado uma coisa que não faz sentido absolutamente nenhum. Imagino um gajo a quem lhe estão a enfiar pazadas de neve pela cabeça abaixo para, no final, o empurrarem de um declive acentuado. O que é que essa história de máfia e loucura terá a ver com esta gosma? Não faço ideia. Siga.





























Independentemente do acesso de loucura que lhes deu ao inventar este nome, a verdade é que a gosma em sí é absolutamente fantástica! Que grande pena que eu tenho que a minha máquina foque bem demais para que se consiga apreciar o efeito holográfico que as pequenas partículas deste bebé amandam cá para fora!
Isto é uma gosma de base transparente mas que está tão recheadinha de sublime micro glitter prata holográfico que até parece ser cinzenta.
Não é.
Eu usei um verniz cinza clarinho de base, e entasquei duas camadas da neve e do monte e o catano por cima dessa base. Fica lindo! Fica maravilhoso! Tem um grande poder de cobertura. Claro que finalizei com um topcoat grossinho para que a superfície fique lisinha e espelhada, e assim sobressaía ainda mais a holografia do animal.
O moral da história é que este é mais um dos lançamentos da Cliché que, na unha, parece tudo menos ser um verniz de 1€. Ele é perfeito. Ele é a alegriazinha do pobre. Recomenda-se.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

A Gallon of Mellon - Catrice

Olá.
Tudo?
Tudo!
Ainda na sequência do meu abarbatanço de várias cores da nova colecção da Catrice, eis que vos trago a cor que, no frasco, mais me encantou.
À primeira vista um cor de rosa banal, mas ele é tudo menos isso. E, em termos da cor em sí, eu absolutamente amei o bichinho.































Ele não é beeem um rosa puro. Ele tem um travozinho de pêssego, um undertone ligeiramente alaranjado, que faz dele um visco apaixonante, muito amoroso.
Aplica-se que é uma maravilha e fica adorável nas unhas. Fica brilhante, fica com um ar vítreo, sólido.
Tinha tudo para ser perfeito e entrar num top 20 de gosmas favoritas.
Então o que falha, perguntam vocês.
E eu respondo: mau maria, que as meninas não leram o post de ontem!!
O que falha é que este sacana descasca-se mais depressa que uma badalhoca em corso carnavalesco.
Falamos de uma gosma que dificilmente chegará intacta ao fim do dia em que foi aplicada. Que triste! Parece que fica quebradiço, como se estivesse mais do que fora do prazo. É deprimente saber que lançam gosmas novas, em pleno séc. XXI, cagando e andando para um controlo de qualidade decente.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Can you SEA me? - Catrice

Olá.
Tudo?
Tudo!
Antes que me desejem a morte - ou pior - que parta uma unha, eu sei, eu assumo que a minha preguiça anda uma coisa obscena e que é vergonhoso estar há uma semana sem postar. Mas entre o frio e o trabalho e a minha molenguice natural, a coisa anda feia. Vou tentar ser mais disciplinada. Mas não prometo nada.
Se há coisa capaz de me fazer sair da toca gósmico-literária, é a nova colecção da Catrice, marca que aprecio sobejamente. Vi alguns na minha Wells e tive que os abarbatar, mesmo que algumas cores sejam quase clones de outras cores previamente lançadas pela marca.



























Inaugurei o marcador com este Can you SEA Me? (já tivemos trocadilhos melhores, ò Catrice), um verde azulado ou um azul esverdeado, sei lá. Um teal, pronto.
O pincel desta nova colecção está mais decente, sem ser às ondinhas, e a textura e pigmentação deste (e de outros 4 que já experimentei) estão uma maravilha. Mesmo nas cores clarinhas duas camadas cobrem decentemente a unha e o resultado final é brilhante e robustinho. Fazem uma unha muito bonita.
Como nada nesta vida é perfeito, eles lascam com uma facilidade que até dá vontade de chorar. para gosma nesta linha intermédia de preço, é algo que não se justifica. Cliché não lasca e custa 1€. Vejam lá isso, senhores.
E, para fechar com chave de cáca, eis que esta menino mancha as unhas like a boss!! Eles bem avisam no frasco para usar uma base, mas eu não acredito que sequer uma base vos livre de unhas verdes por um bom par de meses. Sim, está nesse nível de mau.
Cores bonitas, qualidade bosta. É este o slogan honesto que a Catrice devería adoptar para estes lançamentos.