sexta-feira, 3 de julho de 2015

Over the Moon - Color Club (Halo Hues)

Olá.
Tudo?
Tudo!
Sol, sol, sol!! Aliás, semana que acaba com a promessa de que semana que vem vamos todos passar uns dias em Mordor, a queimar o anel e não só. Até estou com medo das temperaturas que aí vêm.
Bom, mas além de produzir energia eléctrica, o sol também é bom para mais umas coisitas, sendo a mais importante de todas realçar a beleza de um bom holo.

























Quando a colecção Halo Hues foi lançada, comprei todos sem ter visto uma review sequer dos bichos. Fiz uma pré-reserva porque tinha andado numa fase manhosa de não abarbatar holos assim que eram lançados e, quando os ía para comprar, ou estavam esgotados ou já custavam duas ou três vezes mais do que no início.
Recebi os meninos e realmente eram frascos que encantavam qualquer bebé.
  




Depois apliquei-os na unha e reparei que andava muito mal habituada. Os Laylas da vida, e principalmente os Perfect, estragaram-me para os holos. Ao pé deles tudo o resto parece pouco.
É então com sentimentos dúbios que vos mostro o Over the Moon. Por um lado lindo e maravilhoso, sim senhora, por outro... nhé.
Aplicação perfeita, opacidade total em duas camadas, ao contrário de tantos outros ele seca brilhante, aviso desde já que é até bom para carimbar. O efeito holográfico é mais do que presente, e não fica um peido em sombra e/ou luz interior.
Mas e aquele amor avassalador inexplicável?!
Pois... não senti.
Fico até com remorsos, pá.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

(514) Pearly Golden Coffee - Kiko

Olá.
Tudo?
Tudo!
Amo todas as cores do mundo quando se trata de gosma para as unhas. Mas há uma....... blhec! Não aguento ver em mim. Qual é ela? O castanho, meu Deus. Que cor medonha em mim, que me faz mãos de velha.
No entanto há uns que conseguem torcer o meu braço direito atrás das minhas costas e algemarem-me à sua compra. Vejamos um deles.





























Foi só mesmo pelo frasco! Ahhhhhh, malditos Kikos! Ainda para mais sob as luzes daquela loja, onde tudo parece lindo e fora do comum. Até cores que eu já tenho, lá parecem super diferentes e dão-me aquela cena no estômago de "uiiii, tenho que ter!!!" - já tens, porra!!!! Sossega o facho!
Com as tais luzes marafadas, o bicho parece um multichrome encantador, com uns laivos de dourado, vermelho, verde e até azul.
Na realidade é uma poia castanha com glassfleck dourado. Não é MEDONHO, mas claramente que não é a minha praia.
Aplica-se bem e depressa. Vá.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Electriiiiiic - Essence (The Gel)

Olá.
Tudo?
Tudo!
Depois da overdose que houve de azuis eléctricos, graças ao Frio na Barriga, ainda demorei um bocadinho até conseguir recuperar o amor que sempre tive por este azul muito específico. Fiz uma detox à base de tons pastel e nudes e assim consegui voltar a sentir um certo frisson ao encontrar o Electriiiiiic na prateleira, à espera que eu o comprasse. Caso estejam curiosas são seis "i"s que a Essence achou que seriam necessários de colocar neste nome. E eu por mim, tudo bem.























Primeira coisa que preciso referir, senão fico maluca, é um estranho fenómeno que vivenciei com este sacana. Abre-se a tampa e tal, vem aquele cheiro forte, ok, e assim que se começa  a aplicar.... snif... snifff... que cheiro é este?? Esgoto? Ovos podres? What??? O cheiro vem DO VERNIZ?? Aham... vem.
Um cheiro horrendo, que se agrava com a secagem.
E de todos os vernizes da mesma colecção que comprei, só este soltou o peido de Satã que tive o desprazer de cheirar.
Entretanto, conversando com fellow blogueiras, reparo que só o meu veio com este extra de cheiro. Ora que maravilha isso. Sou ou não sou sortuda?! Se tiverem esta gosma testem e depois digam de vossa justiça. Não acredito que só eu tenha sido contemplada com o fedor. E não adianta CHEIRAR O FRASCO. Apliquem nas unhas e digam qualquer coisa.
Bom, tirando o eau d'el cano, ele é bem pigmentado mas com um pé no jelly. Quer isso dizer que cobre bem, é super brilhante, mas deixa sempre um pequeno inuendo de linha de unha ali, a atazanar uma pessoa. Usei três camadas.

terça-feira, 30 de junho de 2015

(654) Anise - Kiko (Cupcake)

Olá.
Tudo?
Tudo!
Usei o meus cupcakes quase todos, há vinte mil anos atrás, mas fui postando faseadamente para não vos dar uma overdose de texturizados. E foi difícil conter os posts, porque a verdade é que sou apaixonada por este acabamento























O Anise é o tal que entretanto já ficou conhecido como "sabão em pó". Aliás, foi essa a minha primeira impressão, mal o testei pela primeira vez. Autêntico Presto e os seus glutões, mas nas unhas. E que atire a primeira pedra quem, da geração de 70, não teve sonhos quase eróticos com este mítico detergente, que nos oferecia bonecada além de deixar a roupitcha com um cheirinho a limpo que até dava gosto.
http://4.bp.blogspot.com/-viY4riP5Ub8/UlV55Qmyb6I/AAAAAAAAHic/oim2GPinnzw/s1600/Presto+Anuncio.jpg
Eram outros tempos, tempos mais simples... não havia playstations e uma fruta de borracha para enfiar no cu dos lápis era o nirvana para os petizes. *suspiros saudosistas.
Bom, talvez influenciada por essa ligação emocional ao granulado espumento que me purificava a cuecada, a verdade é que caí de amores por este azulzinho rugoso ao qual a Kiko chamou de Anise.
É um amor em forma de gosma! Fácil de aplicar, duas camadinhas tranquilas, secagem rápida, e este efeito sprinkle absolutamente divino. Não fica grosseiro nas unhas, fica levezinho depois de seco (aliás é esse o truque. Esperem isto secar totalmente antes de começarem a tecer considerações menos amigáveis em relação ao bebé), um amor.
Este aqui não devora sujo e nódoas, mas devora mau humor e rabugice. Experimentem.