sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Essence Viva Brasil - Swatches

Olá.
Tudo?
Tudo!
A pedido de várias famílias, eis que retorno, se bem que ainda a meio gás.
A preguiça é muita, a inspiração é pouca, por isso tenham lá paciência com esta vossa velha e desgastada amiga...
Para compensar da longa ausência, ora tomem lá com um daqueles posts cheios da b'necos, como eu sei que aprecíam. Desta feita são swatches de toda a colecção trend Viva Brasil, da Essence.
Quando os encontrei no expositor da Well's até dei pinotes de alegria! What? A colecção completa, lindinha, e sem sequer trazer ano e meio de atraso?? Não pode ser! Até parecia o Fred Astaire, muito levezinha, a dançar até casa.
Mal aqui cheguei e me debruçei sobre o assunto, lá veio o balde de água fria, e nem sequer doei guito para a Esclerose Lateral do Stephen Hawking: eu abarbatei os quatro que lá estavam, a ocupar os quatro furinhos do expositor, mas vai-se a ver eram CINCO gosmas... ahhhhh..... claro. Estava-se mesmo a ver. Sorte é coisa que não se me costuma assistir.
Já de monco caído e sem qualquer tipo de fé ou esperança na Humanidade, lá retornei passados uns dias e........

Milagre!!! O azul que me faltava apareceu! Unzinho. Só para mim.
O sol voltou a brilhar, os pássaros cantaram, yada, yada, já me deu tusa de testar todos afinal.



Ora começando pelo começo, I ♥ Brasil.
Aquele rosinha chiclete básico, mas que nunca é demais. Alegre, limpinho, coisa para deixar a unha fofa em duas generosas camadas.
Curiosamente, e como estes tons são semi-neon à primeira vista, pensei que o brilho fosse emborrachado e baço, mas olhem que não. São brilhussos, os meninos.












A seguir a este lindinho vem a prova de como os alemães é mais botas de cerveja, mostarda em joelhos de porco e total falta de cultura e noção do que se passa para além dos seus umbigos, acachapados atrás das lederhosen. Tristeza do camandro, boches. Salsa? Really?? Não sei o que é que andam a fumar, mas metam mais tabaco nisso.
Ora este samba cubano nada menos é do que um dos verdes mais fofos que já usei.
Eu não gosto muito de ver aqueles verdes bandeira nas minhas unhas, porque não combinam com o meu tom de pele. Mas este, bebés... que mimo! Está ali temperado com um toquinho de cinza que o deixa menos aceso e tal, e torna-se verdadeiramente apaixonante. Duas camadas também.












E o que é que um turista gago vem fazer ao Brasil em Fevereiro? Brincar ao Ka-ka-karnival.
Gosma amorosa, num tom de roxorosa, estão a ver? Daquele que se está mesmo a ver que temos que usar ao máximo agora, porque em meia dúzia de meses vai estar uma água de lavar rabos, rosada e triste, porque desbotou e morreu?
Espero estar enganada em relação a isso, mas é que não consigo olhar para estes tons sem me lembrar do Club, da Impala, a minha primeira desilusão roxa.
Três camadas fininhas, porque as primeiras ficam rosadas demais e não reproduzem a gloriosa roxeza do vidro.












Para se redimirem da Salsa, deram-se ao trabalho de ir ao Google translator ver como é que se dizia "azul" em português, e depois arranjaram-lhe algo a rimar. Cool Azul embora pareça estar a falar de alguém que esteve demasiado tempo sentado no gelo, é no entanto um dos azuis mais lindinhos dos ultimos tempos. Escuro sem ser quase preto, escuro continuando a ser vibrante mesmo assim, escuro mas que não mancha os dedos a uma pessoa de forma a parecermos de Pandora.
Duas camadas cobrem perfeitamente, mas usei mais uma para aprofundar a cor até à intensidade que eu gosto.












E fechamos com chave de ouro, de maneira quase literal. Yeah, Copacabana! é um amarelo super vibrante, claramente a querer aludir aos dourados areais daquela zona do Rio de Janeiro. E eu digo "fuck weah, Yeah, Copacabana!!". Apenas adorei este sacana!
Um amarelo que não é nem mais fácil e nem mais difícil de aplicar do que qualquer uma das outras cores da colecção. Só isso já é para louvar de pé, senhoras! Três camadas normais, bom brilho, uma simpatia de gosma. A bebé likes.












E assim encerro o primeiro post pós férias. Custou-me mais do que enfiar as banhas todas dentro do bikini este ano. Mas tal como isso, fez-se, já está.
E para que vejam a tremenda coerência desta vossa deusa, reparem como o que trago nas unhas cabe na temática do que trago na cabeceira, à guisa de leitura do momento.
Brasil por todo o lado, por todo o lado Brasil. Só por causa disso tomem lá, minhas leitoras e amigas do lado de lá do oceano, um chuac especial, cheio de bacalhaus e pastéis de Belém, que vos manda a vossa ex-colonizadorazinha preferida, que tantas e tantas vezes nem vai tirar o buço a tempo e horas, só para não estragar o estereótipo que vocês criaram aqui das r'parigas do roda-roda, vira da santa terrinha, ora pois, arrebimba o malho, catano.
Se isto não é amor, não sei o que será.

8 comentários:

Cátia Peralta disse...

Bem vinda de volta da férias!
Post em grande para começar hehe *** * Amei a Carmen tuga :P

candy

Gi disse...

mas olha q beleza esses esmaltes!! Eu gosto de essence, preciso usar os que tenho...rs
Achei lindos e brilhantes...
E, no final,s empre uma palhaçada! hahaha.. vc é demais!!

Bjukas!
Unhas&Tudo ♥

Stefana disse...

Martuxa, chorando de rir com os comentários sobre os nomes!!!! Fiquei até repetindo mentalmente Cool Azul e rindo de novo (sim, sou retardada mesmo).
Ainda bem que pelo menos as cores e a fórmula não foram motivos de vergonha alheia.

Beijo, Marta Carmem linda!

Beatlemarta disse...

:D ahahah Stefana... temi que Cool Azul fosse demasiado rebuscado para que entendessem. ahahahhaaa

Gabi disse...

adoreeiii hehehehe tu és um sarro!!! Adoro-te minha flor, lokinha e desbocada como és, alegra-me os dias. Unhas perfeitas. Como esmaltas bem. Admiro! Beijoooooooooooo grande!!

Adega de Esmaltes disse...

hauahaa num gueentooo.. tenho que rir kkkk, vc é hilária, sabia? rsrs

Ju Balbino disse...

eu achei os 5 muito lindos :) mas realmente esse povo não conhece muito bem o Brasil! hahaha

bjo

Nety disse...

Ufa... que bom que está de volta, senti muita falta do seu Blog alto astral!
Gostei do Salsa (basta uma pequena pesquisa pra saber que Salsa não é brasileira), do Ka-Ka-Karnival (Que nome é esse? Um simples Carnaval seria suficiente) e do Cool Azul, não paro de rir com o seu comentários sobre o nome...