sexta-feira, 24 de abril de 2015

City - DNA

Olá.
Tudo?
Tudo!
Nem sequer sabia que esta marca existia (DNA) quando, num dia perfeitamente banal, igual a tantos outros, ando a passear pelas internets da vida e sou literalmente esbofeteada por fotografias deste City, visco produzido pela tal de DNA.
Fiquei transtornada, coisa que só se agravou quando tive o privilégio de o poder segurar em mãos pessoalmente, cortesia da minha querida Claudia Ladewig.































Não tenho palavras para isto.
Ele é lindo, maravilhoso, deslumbrante.
Ok, eu não o consideraría um holográfico, porque senão vocês vão ficar desiludidas quando o usarem. Mas isso faz parte, na verdade, do charme dele. Ele é uma gosma de cor indefinida, que balança entre o cinza, o castanho e um vinho bizarro, que dança na nossa cara em ligeira duocromicidade (sim, inventei agora), e que aproveita para dar ali uma sambadela holográfica, em salto agulha, mais uma vez no referido rosto de cada bebé.
Eu achei isto a cara da riqueza e, como se não lhe bastasse ser divino, ainda é super fácil de aplicar, daqueles que cobre com uma camada só, sem mariquices para se espalhar na unha e com boa secagem e essas coisas todas. Não sei que city é esta, mas quero lá morar para sempre.

4 comentários:

Gisela Silveira disse...

Luxo total! Amei :*

Mariane disse...

Ameeei a cor <3
Um beijo

Dicas para todas

Emanuelle Paixão disse...

Esse esmalte é lindo demais. Sou apaixonada por ele. E eu arrisco dizer que é holo sim, dos mais discretos, mas não deixa de ser. Ficou lindo nas suas unhas.
Ah, a marca chama-se DNA Italy.

Emanuelle Paixão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.