segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Cliché e as suas novas gosmas

Olá.
Tudo?
Tudo!
Aposto que estiveram vai não vai para cometer suicidio várias vezes, tal foi a falta que eu fiz nas vossas vidinhas, certo?
Desesperem não mais, porque a bebé voltou com bonitas lendas de gosmas encantadas, de vernizes de tempos idos, de nhaca malévola que ataca donzelas que vivem em pontas de dedos.
Para começar em grande vou-vos contar a história de uma marca que gosta de dar tiros no pé.
Era uma vez uma marca portuguesa que se chamava "Cliché". Como se o nome já não fosse blhé o suficiente, ela ainda pensava que a maneira mais correcta de agir em relação a quem lhes dá de comer (aka. quem compra a gosma) é a de pura e simplesmente defecar no público alvo.
Certo dia, na floresta, uma humilde blogueira escreveu um mail para o departamento comercial da empresa em questão:
"Principes do reino de Cliché, tenho um blog que serve de arauto do condado! Esta que vos apregoa que são 10h e está tudo calmo na Cidade não deseja gosma de borla (até porque gosma a um euro é preciso ser-se munta pobrezinha para almejar a sua entrega grátch), deseja apenas que lhe sejam enviados pergaminhos informáticos cantando os feitos recentes da valente Cliché.
Senhores! Usufruei (??) deste humilde veículo de divulgação, e deixai que eu conte das lendas imemoriáveis dos vossos heróicos vidros de colorido ranho!!"
Bom, esperei, esperei e nada.
Como devem calcular, caguei.
SemanaS mais tarde recebo um mail dos freaks a pedir a minha morada e tal. Volto a referir que basta o mail, uma vez que o meu intuito de contacto não era o de receber cenas à borla. Recebo outro mail a dizer, ok, mas gostariamos de lhe enviar whatever...
Respondi a esse mail devidamente e até hoje, já passaram mais de 6 meses, nunca tive direito a um "hello, vai te lixar" por parte desse departamento comercial (Pausa para rir. Todas riem).
Foi assim com um misto de surpresa e agastamento que vejo que lançaram uma "colecção", pela calada.
Não seria mais inteligente mandar um mail às blogueiras a dizer: a Cliché vai lançar no próximo mês de nãoseiquê, uma colecção composta por x cores e etc - pergunto eu? Há gente que realmente não nasceu para desempenhar certas funções.
Desabafo findado, ao que parece estes fulanos lançaram algo a que eu vou chamar - por falta de material informativo de divulgação - colecção "géneros musicais". Achooooooo eu que é composta por 6 garrafinhas de gosma, a ver a "Punk", "Rock", "Reggae", "Blues", "Jazz" e "Fado". O que é que o Fado faz no meio daquela coisa toda? Não sei. Foi o que se chama de "metido a martelo" ali no meio, na volta para apelar a um patriotismo torpe ou para capitalizar naquela treta do Património da Humanidade (outra imbecilidade).
Vamos então apreciar esta colecção stealth.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Vou ser breve, senão nunca mais saimos daqui. O Punk é apenas mais um cinzento metalizado, um antracite que bastava ter havido um, o Tóquio, e não se falava mais nisso. É aquele tipo de cor que se vê por todo o lado e não fazia cá falta nenhuma haver outro. A aplicação do nome em relação à cor? Nota zero. Punk, cinzento metalizado? Expliquem-me o conceito, porque passou-me ao lado. Ao menos um roxo vibrante, sei lá. Deve ser aquela lógica de quem nem sabe o que ser punk, que tipo de música é... chamando-se a marca Cliché, não é de estranhar que tenhamido naquela do "ái é tudo gente que ouve música aos gritos e que se veste toda de preto"... mas isso são os metálicos ou então os góticos, senhores. O Punk são outros quinhentos.
Duas camadas, secagem super rápida, fácil de aplicar e yada, yada.
Próximo.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Cliché - Punk

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Rock. A cor que eu creio ser a mais apelativa da colecção para as bebés. É um roxo que nos amanda com uns laivos azulados / rosados às vistas. Para a minha humilde pessoa não é nada de especial, mas acredito que muita gente o cobice. A Cliché já vem é tarde uma vez que eu já forneci uma tonelada desta cor a toda a gente que se apaixonou por este tipo de tom, só que pela mão da Yolizul e da Yesensy. Bom, é por dizer que este, ao menos, é hipoalergénico certo? Então roll with it.
Três camadas e com secagem um bocadinho mais complicada, mas nada de dramático.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Cliché - Rock

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
O Reggae foi uma desilusão. Óbviamente que se olha para o efeito nacarado da embalagem e se percebe logo que este é um duocrome, certo? Pois, mas aquilo que a Cliché fez aqui já eu tinha feito anteriormente, pingando umas gotas de preto para dentro do Reveillon da mesma marca. Este gajo é aguado e o efeito é muito diluido. Sim, é um duocrome na mesma, mas um que passa de rosado para esverdeado, com um tom de base cinzento, e isso também já está velho e cansado. Não é mais do que um Where is the Party da Essence, ou um Iron Mermaid da Catrice, só que mais diluidos do que um pacote de Tang num garrafão de 15 litros.
A ligação desta cor ao nome é a mais WTF de todas! Quem é que pensa em Reggae e se lembra de uma baba cinzenta perolada com laivos de verde e rosa pálidos, nunca saberei. Mas se você é uma dessas pessoas que acha que esta ligação faz sentido, procure ajuda profissional. Algo nessa tola não está bem.
Quatro camadas! Como vêm, a coisa não foi pacífica. A lógica de usar preto por baixo e depois dar-lhe com uma lambidela disto em cima também não se provou eficaz. A ideia era capaz de ser boa, mas a execução desta gosma foi fail.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Cliché - Reggae

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Blues. Como originalidade não é a melhor característica da Cliché, lógicamente que falamos de um azul.
Para não perder mais tempo a tecer considerações, eu digo-vos já o que é este verniz. É o Filosofal da Bitty, engarrafado no vidro da Cliché. Todas nós já nos apercebemos de que a Bitty encalhou à força toda e a malta viu-se forçada a baixar a cuequinha o preço para conseguir vender a gosma antes que azedasse. Então toca de enfiar aquilo em frascos de Cliché e fingir que são cores "novas". Sei.
Três camadas e este deixa um bocadinho de linha de unha visivel.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Cliché - Blues

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
O Jazz. Este está, finalmente, bem baptizado. Tal como a música em sí, é uma gosma pretensiosa, feia e desinteressante mas que haverá muita gente a dizer que adora e tal, só para "ser do Jazz".
Estamos a falar de uma coisa que recebeu cinco generosas camadas e que, mesmo assim, não ficou nada de mais. É uma baba cinzenta, meio creme, perolada, que não recomendo a quem se passa da marmita com o facto de as marcas do pincel ficarem visiveis.
Sério, é terrivel, o pior da colecção.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Cliché - Jazz

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Para acabar, o Fado.
Ora eu ODEIO Fado, mas a gosma até que se mama muito bem.
É o que chama mais a atenção no meio dos outros porque a gosma é faiscante dentro do vidro. Perde um bocadinho o efeito tchanan quando é aplicada nas unhas, mas não deixa de ser uma cor que dá que pensar. A base parecia ser um amora muito escuro, mas depois me apercebi de que era mais a atirar para o castanho, só que com uns brilhos meio violeta meio nãoseiquê, que lhe dão outra vibração. Só vocês embedunhando as unhas com isto para verem que cor é que vos parece ser.
A ligação da cor ao nome, ALELUIA, faz sentido e ele é extremamente fácil de passar. Duas camadas e mais uma só para ficar perfeitinho. Secagem rápida do costume.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Cliché - Fado

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Então é isso. A "colecção" é fraca como colecção, uma vez que a Cliché lança sempre o mesmo tipo de cores. Acho que tenho todas as gosmas que esta marca alguma vez lançou, e a gaveta de Helmer que ocupam é sombria e desolada. Tudo à base de váriosssss tons de vermelho, castanho e rosa arroxeado morto. As excepções foram aqueles Tattoo, Raio, Hippie e etc, porque essas eram cores (lá está) da Bitty de Verão que foram recicladas para Cliché. De resto é sempre a mesma escuridão. É pena.
É pena principalmente porque a qualidade desta gosma é realmente muito boa. Boa duração, boa aplicação, boa secagem. Um preço imbativel e, se forem realmente completamente livres daquelas substâncias que insistem em dar cancro à malta e máinãoseiquê, então esta poderia bem ser a gosma mais fabulosa à face da terra.
Era agora só investir um bocadinho mais em originalidade (tanto a nivel de formulação de cores quanto de nomeação das ditas) e em respeito e consideração por quem vos está a prestar um serviço de divulgação gratuito.
Da maneira como estes senhores fazem as coisas, todos os vernizes deveriam ser em tons de khaki e de verde-tropa, já que os lançamentos são todos camuflados.

Ah, não sei se notaram o tom ressabiado da resenha, mas a bebé é mesmo assim. Cada um colhe o que plantou.


*(os vernizes aqui divulgados foram gentilmente cedidos pelo meu bolso - como diria a minha amiga Kelly)

17 comentários:

Miss Dreams disse...

Tirando essas cores alegres de que falaste que foram reciclagem da Bitty, não compro mais nada dessa marca. Acho tudo muito sem graça, muito cores à senhora idosa e pronto, não vou à bola com eles mesmo! Esta colecção não é excepção!

Larissa Dantas disse...

Achei as cores liindas!!!

Miminhos disse...

Ei lá, finalmente deste à costa, que falta fazias por cá! Mas ok, estás perdoada, tens aqui um post fantástico.
Agora explica-me lá como tiveste coragem de largar 6 euros por isso?! Eu só comprei dois e foi porque gostei imenso das cores, mas eles notam-se à légua a fraca pigmentação, textura, inovação, etc e tais...
Outra coisa, vou ser sincera e dizer-te que preferia as tuas reportagens fotográficas do ano passado, estas têm demasiada luz em cima e não me parecem tão naturais, começaste com experiências lightboxianas? Bem que eu precisava de uma alternativa também...

Daniela Leonel disse...

Todas as cores são linda e as coberturas maravilhosas, mas o Jazz me conquistou ele é perfeito...amei.
Beijo

Beatlemarta disse...

Miss Dreams: É mesmo, melher! O chamado vira o disco e toca o mesmo. O chato é que tinham tudo para serem um sucesso. Mas quando o miolo é pouco. Devem ter aprendido coisas com a Sancion Angel! ahahaha... (tópico do momento)

Larissa Dantas: há ali cores até que mais ou menos, mas isto para mim é a colecção Rock 'n Roll da Risqué, que eu não gostei. Por isso tb não vou gostar desta. Aliás, Risqué, Cliché... tirem as vossas conclusões.

Miminhos: eu sou gaja que se sacrifica pelas suas bebés! Por isso é que lerpei nos 6 euros. ahahah....
Felhinha, quando faço resenha de colecções INTEIRAS, faço sempre com caixa de luz. Não dá para andar dentro e fora com 6 ou mais gosmas, certo?
Quanto a posts "normais" uso uma conjugação de cenário natural, artificial, sol e sombra. Isto, lá está, sempre que possivel.

Beatlemarta disse...

hahaha, Daniela Leonel, patos e pardais não somos todas iguais, não é? ahahaha, eu ODIEI o Jazz.

Bel disse...

Eu gostei da coleção!
Não achei tão ruim...o rock é um rosa bem simpático!
bjs
http://vidrosdeesmaltes.blogspot.com/
@vidrosdeesmalte

Miminhos disse...

Ok, realmente não pensei (?!) nisso, mas a menina podia ser uma feliz e merecedora possuidora de uma moradia, com espaços ajardinados e uma pequena horta, eheheheh.

Cláudia Ladewig disse...

Finalmente vc tá de volta mulher!!!!
Sei que vc pode me esganar, mas eu adorei as cores do Punk e do rock kkkkkkkkk. O resto, não me apetece, mas uma coisa é fato. Oh gosma boa de aplicar viu?! Realmente deveriam te escutar e dar uma inovada, porque a qualidade é muito boa. E o reveillon mora no meu coração rsrsrsr.
Bom retorno Bruaconilda.

AndréiaFSalim disse...

Muito lindo!!!:)

Um grande beijo!
http://deiafsalim.blogspot.com/

Vicio Sadio disse...

Estava com saudades BEBÉ!!
adorei as cores lindas de mais nao conheço a marca nunka usei.

Biju Doce disse...

Ahhhhhh estas de volta.... :)
Opá eu comprei todos menos o Rock porque nao encontrei, sao giros... mas o que vale é que foram so 0.60 cent... ah pois é... comprei a 0.60 se fossem mais caros já andava a chorar pelos cantos.

Jokinhas doces
Vanessa Sofia

http://bijudocelive.blogspot.com/

Lady de Verniz Amarelo disse...

Olá!
Por acaso não fui à bola com o blues, mas amoooo o filosofal... Pareceu-me que o blues é bem mais claro que o filosofal e com menos brilho, não?É que se for, vou comprar já! lol

Beatlemarta disse...

Bel: Então, não é que seja FEIA, mas é mais do mesmo Bel. A Cliché lança tudo sempre igual.

Miminhos: Podia, podia... ahahaha! Aliás, devia!!! Mas não... tudo o que se vê no meu blog envolve andar num sobe e desce de andares e espetar a mão no meio da rua, com pessoas a passar! ahahaha...

Cláudia Ladewig: Ainda bem que vc gostou porque os seus eu garanti na hora.

AndréiaFSalim: Obrigada, Andréia! Beijão.

Vicio Sadio: Owwwww, que FOFA!!!!!! Beijão!

Biju Doce: 0.60 cents??????? Ahhhhhhh, és a máior!!!

Lady de Verniz Amarelo: Lady de Verniz Amarelo é dos melhores nicks EVER! ahahaha! Gosto!
Então, são IGUAIS! As fotos do Blues é que ficaram mais claras do que seria de esperar. Como as tirei durante as férias não pude perceber isso na altura e agora que ía postar já era tarde. Mas eu achoooooooo que são uma e a mesma gosma. Muda o nome e o frasco.

Ana Rita Figueiredo disse...

Eh pá! Estou uma termporada sem cá vir, e tu desapareces... ainda bem que voltaste! Eu voltei tb! :)
Adorei o post... não adorei tanto os vernizes... blhac...

Ando numa de Ana Hickmann e Eliana, que me ofereceu uma amiga que foi ao Braziu...

Bjs

Cláudia Ladewig disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk, só vc mesmo Martilda.

Carla disse...

Olá eu sou fã dos vernizes da cliché, adoro todos principalmente o jazz. Bjs