terça-feira, 10 de novembro de 2015

Bleu Obscur - Peggy Sage

Olá.
Tudo?
Tudo!
Trago-vos aqui mais um Peggy Sage, só porque sim. Só porque tive a sorte de os encontrar à venda, depois de os ter encarado como mera miragem inatingível em postagens de outras pessoas.
Como fiquei tão feliz com o achado, e como sou bebé que é fofinha para com as bebés que a seguem, fiquem a saber que os podem encontrar na Banho de Brilho, na Estrada da Luz.
De nada.



























Dos vários Peggys que abarbatei na minha única visita à loja (que me arrebentou com as costas, tal o peso do sacalhão), uma coisa posso vos dizer: há um certo paralelo entre algumas cores desta marca e as da Chanel. Exemplo disso é este Bleu Obscur, que achei a cara do Blue Satin.
E vocês podem dizer "ah, pois, tá bem. É uma porcaria de azul escuro. Chanel ou não Chanel, isso existe em todas as marcas". Ao que eu respondo "não sejam espertinhas, minhas manhosas. É algo mais do que só A COR. É o acabamento". E é mesmo. É o tom, são os micro mini nano glass flecks que permeiam a gosma, é um je ne sais quoi que o faz parecer ora preto, ora azul, ora até meio roxo... e sim, a parte final da frase anterior foi só uma desculpa para usar a expressão je ne sais quoi, e assim cumprir a minha cota de cagona da semana.
Bom, a cor é sim senhora, o pincel é um bocado indiferente, nada que faça dar gritinhos de alegria, mas cumpre o serviço, a textura e a pigmentação são boas.
Mas falemos a verdade... o diferencial aqui é o vidrinho. Sim, sou apaixonada por este cartramolho de vidro pesado, quadradão, de vidro grosso e absolutamente perfeito. Até segurar nisto dá gosto, quanto mais pintar as unhas.

2 comentários:

Martinha L disse...

Alô Deusa!

Parece-se muito com o KIKO 265 - China Blue, que aparentemente já foi descontinuado.

Um dos meus favs de sempre.

Bjs!

Sara disse...

Espectáculo !
Pena é que a loja online não o tenha.