sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Papa Don't Peach - Catrice

Olá.
Tudo?
Tudo!
Ok, a Catrice tem gosmas boas em termos de qualidade. Também tem algumas cores que são únicas e inovadoras no mercado. O pincel não é mau e tal e coiso e coiso e tal. Mas sejamos sinceras: a grande mais valia desta marca, e muitas vezes a exclusiva razão pela qual compramos certa e determinada gosma, é o nome de cada uma.
Há coisa de 47 anos atrás eu comprei o I Scream Peach, da Catrice. Passados uns 15 anos comprei o Pimp My Shrimp. Antes disso já tinha comprado o Meet me At Coral Island. E agora, já em pleno sec. XXI, comprei o Papa Don't Peach. São todos absolutamente o mesmo verniz, mas porra... PAPA DON'T PEACH?! Quem resiste a este nome?
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Papa Don't Peach - Catrice

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Tal como os seus clones, falamos de um salmão alaranjado, um coral compostinho, uma cor fofa e delicada, ao mesmo tempo fresca e vibrante, que não deixa de ser um clássico entre usuárias da gosma.
Desta feita há que dizer que, pelo menos, a Catrice melhorou um poucochinho a fórmula e isto é bicho para cobrir com três camadas tranquilas, ao invés das três camadas sofridas do antigamente. É que, não me perguntem porquê, estes corais são inacreditávelmente chatos de passar. Mancham, ficam com peladas na unha, riscos escuros no resultado final, uma bizarra transparência na linha da unha, mesmo quando o verniz é compacto e cremoso... não sei. Tipo "a vingança do Coral" ou o catano!
A malta parte para aquilo que acredita piamente ser uma esmaltação tranquila e acaba por se frustar em triplo por causa dessas expectativas.
Quando usamos um branco já sabemos que vai dar trabalho e mentalizamo-nos para o efeito. No caso do coral somos apanhadas desprevenidas e isso é coisa que amesquinha.
Bom, mas este, mesmo assim, até que é mais simpático que os seus equivalentes e a coisa faz-se com alegria no trabalho. O pincel ajuda, a secagem é boa e depois, lá está, o nome. Mesmo que isto precisasse de 12 camadas eu não falaria mal dele, porque originalidade no baptismo bate qualidade any day of the week. O que me ri à conta disto não há unha bonita que pague.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us

8 comentários:

Susana asc disse...

Os brancos são realmente chatos de passar, mas c a dica de passar o fosco transparente antes ajuda um pouco, será que funciona com os "salmões" tb?

Beatlemarta disse...

ahahaha não sei Susana, eu não uso desses truques que é mesmo já para ver como se comporta cada animal, por sí só. :)

Finíssimas Fashion disse...

Que cor linda hein!


Tem Sorteio no Blog. Uma Paleta de MakeUp com 168 Cores. Participa! ♥
Um beijo,
Yasmin Christe
http://fashionfinissima.blogspot.com.br/

Ju Balbino disse...

eu também adoro os nomes dos esmaltes da Catrice! :)
adorei essa cor!! *-*

bjos

Miscelânea disse...

O nome é qualquer coisa de adorável, não haja dúvidas :D

http://miscelaneathesecond.blogspot.pt/

Carujinha disse...

Adorei a cor, mas nunca usei nenhum verniz da catrice ;)

Clarissa Barth disse...

Estás sumida! Sinto falta das tuas postagens! Bjos

Margarida C. Santos disse...

Até que enfim que mais alguém tb reparou! Estou preocupada com a Marta. Espero que esteja tudo bem com ela!