sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Black as Ebony - Layla Mirror Effect

Olá.
Tudo?
Tudo!
Melheres! O que eu esperei pelo momento em que pude enfiar as garras num Layla destes. Aliás, o que eu esperei pelo momento de enfiar um destes Laylas nas garras.
Desde o momento em que vi pela primeira vez a freak da Layla, a disparar milhares de palavras italianas por segundo à nossa cara, e a espetar as unhacas na nossa direcção, naquele video promocional da marca, que a minha mente vem a fervilhar de antecipação por poder andar com espelhos nas unhas.
Porque "ah e tal não é um cromado" e "ah e tal não é um metálico", "ele é um espelhado e tal", e eu babei, chorei, revoltei-me por não ser das primeiras a poder entascar isto nas unhacas e poder nelas retocar a maquilhagem.
Mas isto é Portugal City, então tomei um Lexotan e sosseguei o facho. Mais ANO menos ANO, haveria de cá chegar... e chegou.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Black as Ebony - Layla Mirror Effect

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Ao contrário dos holográficos da Layla, que passam bem sem aquele embuste da tal lima mágica que esfrega a unha de uma maneira ímpar e que só assim fazem funfar a gosma, estes realmente não vivem sem ela. Isto porquê? Porque os holos a gente aplica sobre uma aqua base da vida e eles focam mil vezes melhor do que com a bufadeira dos infernos. Mas estes sacanas quando aplicados sobre aqua base (ou qualquer outra base, por sinal) ficam uma real bosta. Ficam baços, ficam embolados, ficam uma bodega tamanha que dá vontade de desistir da vida por se ter pago quase 10€ por semelhante cáca.
E como, se a gente os aplicar em cima de uma unha cuja superfície esteja não-preparada (aka. au naturel), uma bosta na mesma ficarão, só nos resta bufar nas peles e esfregar com a limazucha como se não houvesse amanhã, até que as unhas estejam quentes e doridas e que dê para tirar com a pinça aquele pêlo chato do bigode, usando-as como superfíce reflectora.
A partir daí a aplicação é tranquila. Uma camada cobre perfeitamente, embora eu tenha usado duas, só para ser do contra.
Quando se aplica a matéria viscosa, há aquele momento de desilusão em que nos dá vontade de mandar a italiana p'ro catano mais à sua retórica aldrabilhas. Mas assim que começa a secar, é como se um véu de ranho se levantasse da superfície do verniz. Ele fica liso, brilhante, e meio que espelhado, sim.
Topcoat ESQUEÇAM! Se o gajo sente o cheiro sequer dessa mantinha protectora, fica todo agoniado e toldam-se-lhe os brilhos. Fica enevoado e com um aspecto francamente blhéc.
Dito isto, há que referir que descasca se a gente lhe espirrar para cima. Aliás, se respirarem com um bocadinho mais de força, o badameco começa logo a soltar-se em lascas da unha, todo maldisposto e resmungão. 
Foi meio que uma desilusão para a bebé.
É bonitinho e tal, é sem dúvida mais cromado do que os comuns metálicos da vida, não há nenhum outro com o qual possa ser comparado em termos de acabamento.... mas sei lá. Acho que tive uma suspensão de descrença temporária que me levou a acreditar que poderia isto ser um Minx líquido. Uma superfície completamente metálica, ultra mega brilhante, reflectiva. Algo que provocasse acidentes de viação ao encandear condutores desprevenidos... ainda não foi desta. Mas tenho fé no futuro. Haverá (escrevam aí) vernizes onde dê para actualizar o status de FB nas unhas com eles. Haverá gosma que mudará de cor com o poder do pensamento. Haverá visco com GPS e ranhoca que que faça downloads de música para o IPod. E nesse dia, bebés, eu lá estarei! Na fila da Sephora, levando um rim na maleta térmica, à espera de poder comprar essa colecção.

4 comentários:

Susana asc disse...

Estou quase para dizer que os mirror da Kiko, q n custam 10€, são mais espelhados q esse...

Beatlemarta disse...

Não, não, Susana. nem pensar nisso! Os da Kiko pouco mais são do que um metálico. O acabamento destes Layla é bastante superior ao da Kiko.

Ana Carolina disse...

Uaaaaaau, que cor maravilhosa!

Beijoos, Ana Carolina.
http://simplesglamour.blogspot.com
Instagram: @simplesglamour

Ju Balbino disse...

essa coleção é linda, é diva, mas é chata por durar tão pouco nas unhas! :S

ficou super diva ;)
bjos