segunda-feira, 11 de junho de 2012

Trancoso - Panvel

Olá.
Tudo?
Tudo!
Engraçado como a cronologia das minhas postagens não tem absolutamente nada a ver com a ordem de chegada das gosmas às unhas.
Então, há uma eternidade atrás (ou assim parece) eu fiz uma das mais fofas troquinhas do mundo com a minha amiga de coração, a Gabriela Gomes Moura. Uma das preciosidades que ela me mandou, embrulhada em papel carinho (owww momento gay), foi este Trancoso. E, piada das piadas, foi dos primeiros membros integrantes daquela caixa que eu corri a usar.
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Panvel - Trancoso

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Aqui o Trancoso começa logo por ser diferente porque ele, como se de uma pessoa se tratasse, enjoa em viagem. Ele vinha todo embrulhadinho no seu papel bolha, aconchegado e seguro, e no entanto vomitou-se todo pelo caminho. Ainda bem que estava devidamente isolado, senão os seus colegas de viagem teriam ficado a modos que lixados com ele. Ainda havia pancadaria da grossa naquela caixa e isso é que a gente não quer, não se vá dar o caso de chamar a atenção dos freaks da Alfândega. Por isso bebés gosmosos, chiuuuu nos vossos pacotinhos!!
Em conversa venho entretanto a saber que a mesmíssima coisa aconteceu com outros dois Trancosos, pelo que vejo que é mal de Trancoso.
Depois é diferente porque é uma cor LINDA, pheena, toda a pinta de um bom velho China Glaze de primeira geração e, no entanto é gosma cujo nome me deixa inquieta. Aqui em terras lusas temos o rio Trancoso e temos também o rio Trancão. Este ultimo é tão somente o rio mais fedorentamente poluído do território português e eu, olhando para uma substância viscosa, ainda por cima verde, só me vêm à memória o segundo.
Mas, a partir do momento em que consigo mandar o meu cérebro palhaço estar calado, só ficam predicados em relação a este Panvelzinho fofo da tia!
Fica perfeito quase que só com uma camada! Super fácil de aplicar, escorrega unha afora... boa secagem, bom brilho.
Conselho final: ele é maravilhosos em quase tudo, só não o peçam em troquinhas. Ou, se o quiserem memooooo mesmo, peçam para que a vossa companheira de troca dê um Dramamine a este sacana, antes de o enfiar na caixa. Senão,

6 comentários:

Miminhos disse...

Já me fartei de rir contigo!
Ok, também já me babei a olhar o Trancoso, um dos meus sonhos de consumo de sempre, mas já ficou a dica, estrafegá-lo bem para não enjoe na viagem!

Evelise disse...

Essa cor é uma graça! Trancoso é o nome de uma vila na Bahia, aqui no Brasil, um local tranquilo e paradisíaco, com praias lindas! Não conheço o lugar, apenas vi fotos, mas quem sabe em férias futuras...

A Diva disse...

Tenho este esmalte, consegui em uma troquinho com uma amiga blogueira de Santa Catarina. Ainda não usei... Adorei a cor nas tuas unhas.
@maniasdadiva

Ana Carolina disse...

Nossa que lindo, adorei a cor

Beijoos!
http://simplesglamour.blogspot.com/

Daniela Leonel disse...

Uau... essa esmaltada ficou maravilhosa, adoro esse Trancoso.
Beijo

coisasqueugosto disse...

Eu muito sinceramente, o nome deste bruniz é uma singela homenagem à localidade chamada Trancoso só pode... mas assim naquela "ah e tal chama-se maria alice" mas vai-se a ver é homenagem à tetra tia lá do cimo!
A cor é linda de babar mesmo ai ai *.*

ti nininini nini..nininini..ni...ni...ni... (música do filme Titanic)

ai!

beijo
http://coisasqueugosto-coisasqueeugosto.blogspot.pt/